page up
voltar ao topo
Sobre Nós

logomarca_Namorar Portugal


O Município de Vila Verde, através da cooperativa Aliança Artesanal, pretende proteger e promover os Lenços de Namorados, enquanto símbolo da identidade cultural do concelho, um dos mais fortes representantes do artesanato português, e simultaneamente modernizar o seu conceito.

A concretização dessa vontade de transpor para a contemporaneidade o conceito dos Lenços de Namorados surgiu em 2003, com o ‘Namorar Portugal’, um evento de moda que traduz a fase decisiva do concurso destinado a criadores de moda, com o tema ‘Lenços de Namorados: Escritas de Amor’.

Onze anos volvidos, Namorar Portugal é atualmente um complexo conceito do amor minhoto, materializado desde a primeira edição, a 14 de fevereiro, dia de S. Valentim, através de um evento de gala, que funde moda e cultura com a realização de um mega jantar romântico.

A sua influência ‘umbrella’ inspirou, em 2010, a criação de uma programação com raízes nos valores mais importantes dos Lenços de Namorados: a tradição, o Amor, a Saudade e a Aventura, e nos produtos a que dá nome, através da aposta de empresas nacionais de renome que veem na marca municipal ‘Namorar Portugal’ (registada em 2008) a tradução do Amor fiel e intemporal que todos procuram e que era bordado nos Lenços de Namorados pelas raparigas simples do Minho.

Neste sentido, o Município de Vila Verde apresentou um projeto designado ‘Centro de Dinamização Artesanal - Aliança Artesanal’ que foi aprovado, por um período de 24 meses, pelo EEC do PROVERE MINHO IN, do Programa Regional do Norte (ON2), com um investimento de 663.028,80€ e financiado a 80% pelo FEDER. Este projeto tem como objetivo central a valorização dos Lenços de Namorados, de acordo com uma estratégia integrada de promoção das ‘Artes e Produtos Tradicionais’ da região, objetivo definido na Estratégia de Eficiência Coletiva, do PROVERE MINHO IN. O projeto compreende uma componente material que incide na requalificação do edifício da Cooperativa Aliança Artesanal transformando-o no Centro de Dinamização Artesanal e uma componente imaterial que, através de um conjunto de ações, visa promover este produto regional além-fronteiras, contribuir para a notoriedade do evento e da marca Namorar Portugal, apostando na sua internacionalização, assim como divulgar o território turisticamente associando-o a conceitos como o “Amor” e o “Romance”.