page up
voltar ao topo
Notícias
Casa do Romance, o showroom da Namorar Portugal, by Uchi
Fevereiro 11, 2014

O Município de Vila Verde desafiou o projeto Uchi a apresentar um ambiente Namorar Portugal e assim nasceu a Casa do Romance, o primeiro Showroom itinerante da marca Namorar Portugal, instalada em Vila Verde, na Praça de Santo António, e aberta a visitas até 2 de Março. Depois… ruma a Braga!

 

Versátil e amiga do ambiente, a mais compacta das versões Uchi, projetada para servir de ponto comercial, foi transformada em Casa do Romance, o primeiro Showroom ‘caracol’ da Namorar Portugal. Com um revestimento em cortiça, resultado da parceria do projeto com o grupo Amorim, a Casa do Romance prova como se consegue concentrar em 10 metros quadrados a modernidade e o conceito de ‘Amor Lial’ de Namorar Portugal.

Os delicados têxteis que revestem a cama, da Lameirinho, o elegante serviço de pequeno-almoço da Vista Alegre, o moderno cadeirão com encosto bordado à mão, da Centare e a amorosa mesinha pintada à mão, com o abajour de linho bordado pelas mãos da artesã Camila Silva, dão o mote no desfilar de produtos Namorar Portugal que este espaço vai albergar. Um ambiente habitável, sereno e romântico, discreto e envolvente, como se deseja num dia a namorar em Vila Verde.

O empreendedor Eurico Silva é o rosto do projeto Uchi, tendo escolhido o IEMinho para se sedear e Vila Verde como ponto de partida para a expansão do conceito da ‘casa caracol’ por Portugal e pelo mundo.

“Por uma questão de ética profissional, o IEMinho é e vai manter-se como sede da Uchi, pelo apoio que me prestou no início, enquanto empresário, e ao projeto aquando a sua materialização”, mencionou o jovem empreendedor, que acrescentou o seu particular agradecimento ao Município de Vila Verde, por permitir a concretização de um sonho ‘antigo’, de participação no Namorar Portugal e no Mês do Romance: “Eu quero agradecer especialmente ao Município de Vila Verde por ter sido um dos primeiros a apoiar este projeto e pelo desafio lançado em apresentarmos uma resposta diferenciadora neste Namorar Portugal 2014. O resultado enche-nos de orgulho”, salientou Eurico Silva.

O entusiasmo notou-se ser reciproco, e o presidente do Município de Vila Verde mostrou conhecer bem a essência do conceito da Uchi (em japonês ‘lar confortável’): “É uma ideia muito interessante. Pode crescer e ser deslocalizada, conforme as necessidades familiares”, acrescentou o presidente do executivo que vê nesta parceria uma mais-valia para a promoção da marca Namorar Portugal: “A possibilidade de colocar a marca replicada sob vários produtos num ambiente habitável e itinerante, presente em vários pontos do país de forma expositiva, e associada a um projeto inovador sedeado em Vila Verde, como a Uchi, faz com que estejamos certos da estratégia escolhida para a projeção da marca a nível nacional e internacional”.

Eurico Silva não está sozinho neste projeto. O investimento parte do empresário Manuel Silva, que acreditou no conceito e aceitou tornar-se sócio do jovem empreendedor e apostar forte na internacionalização. “Temos feito algumas viagens por África e brevemente América do Sul. Temos praticamente fechado a venda de oito mil Uchi para Angola”, revelou Manuel Silva, também presente na conferência de imprensa.

Em Portugal, o conceito está a implantar-se com forte impacto. “São muitos os municípios com quem temos estabelecido contacto”, revelou Eurico Silva.

A Casa do Romance foi construída em 15 dias num estaleiro próximo, o tempo que demora a erguer a estrutura de qualquer dos três modelos.

Digressão da Casa do Romance

Depois de terminar o Mês do Romance, a Casa do Romance vai rumar a Braga: “A partir de 7 de março estaremos na Avenida Central”, informou Eurico Silva. Este périplo visa dar continuidade à promoção da marca Namorar Portugal e do projeto Uchi fora de Vila Verde e após o término da programação, começando pela cidade de Braga, onde o showroom vai permanecer durante dois meses.

“Durante oito semanas, ou seja, dois meses (Março e Abril), a Uchi vai estar em exposição em quatro pontos históricos da cidade – Avenida Central, Largo do Paço, Campo da Vinha e Largo Carlos Amarante – permanecendo em cada um durante duas semanas” elucidou o jovem empresário.

Ainda durante a programação, a irmã Uchi ‘mais velha’, instalada no IEMinho, em Soutelo, vai ser o cenário da apresentação de uma nova linha de produtos, as cadeiras da Footnote, na parceria ‘ByUs/L’Objectis’, agendada para 28 de fevereiro, às 11:00.

Esta ação insere-se na programação Fevereiro, Mês do Romance, que integra o projeto ‘Centro de Dinamização Artesanal- Aliança Artesanal’, aprovado pelo EEC Provere Minho IN, do Programa Operacional Regional do Norte (ON2), Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, com um investimento de 663.028,80 e comparticipado a 80 por cento.