page up
voltar ao topo
Notícias
Cartas de Amor bordadas, criatividade contra a crise
Fevereiro 10, 2014

Foi marcante a apresentação desta manhã, 10 de Fevereiro, de mais uma linha de produtos Namorar Portugal. As Cartas de Amor Bordadas são derivados diretos dos Lenços de Namorados, fruto da criatividade da empresária Adelaide Marques e da necessidade de combater a crise e a competitividade do mercado.

 

Adelaide Marques assina o projeto Cartas de Amor Bordadas, que inclui ainda Receitas de Amor e de Amizade. Com desenhos e quadras de sua autoria, estes trabalhos revelam a criatividade aliada á necessidade de apresentar opções únicas, genuínas e personalizadas no mercado. Cartas de Amor (composta por duas peças, envelope e carta), Receitas de Amor, de Amizade, almofadas e ainda acessórios personalizados como pequenas pochetes em forma de envelope compõe a coleção, com exemplares irrepreensivelmente bordados em linho, pelas mãos própria Adelaide, mas principalmente por duas colaboradoras, Arminda Mota e Ana Paula Cerqueira.

“Esta foi uma estratégia seguida também para manter os postos de trabalho, numa fase crítica que atravessa o nosso mercado”, revelou Adelaide Marques, que detém com o marido, em Vila verde, a respeitada casa de decoração de interiores, Decor Verde, há 33 anos.

Com um ano de existência, o projeto das Cartas de Amor Bordadas foi apresentado em Fevereiro de 2013 à responsável pelo pelouro da cultura do município, Dra. Júlia Fernandes, que se mostrou muito agradada e incentivou à aposta nele no âmbito da marca Namorar Portugal.

“Começou tudo como uma brincadeira. Gosto de escrever quadras e do papel para o tecido bordado foi um salto pequenino”, explicou a empresária. “Primeiro era apenas para expor na loja, mas depois, também incentivados pela Dra. Júlia, decidimos levar a sério e criar um produto, até para combater a crise”, acrescentou Adelaide.

O tema do Amor não é alheio ao negócio e a Decor Verde sabe que em Vila Verde a palavra tem um peso também ele comercial: “Vila Verde está muito associado ao Amor através dos Lenços de Namorados e do Mês do Romance e nós decidimos associar-nos aos parceiros desta forma”.

Do menu fazem ainda parte Receitas de Amor e de Amizade, que mais não são do que metáforas, em que se mede sentimentos e emoções. “Como um bom prato cozinhado, o Amor também tem que ser bem doseado e trabalhado para resultar e durar”, refletiu a autora das obras.

“Tal como este belíssimo produto da D. Adelaide começou como uma brincadeira, queremos que outras ideias inspiradas nos Lenços de Namorados assim comecem e se tornem algo sério para gerar lucro e negócio”, afirmou o presidente do Município Dr. António Vilela, que mais uma vez, juntamente com a vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, Dra. Júlia Fernandes, apadrinharam mais este lançamento.

“O que mais desejamos é que este produto seja um sucesso comercial e uma âncora para o seu volume de negócios, para melhorar a posição desta casa no mercado em termos de competitividade”, acrescentou o líder do executivo municipal.

As Cartas de Amor Bordadas pretendem reacender a emoção de quem as recebia: “Antigamente, esta era praticamente a única forma de as pessoas comunicarem entre elas. Imagine-se a emoção que seria alguém no ultramar receber uma carta de um ente querido… É essa emoção que queremos recriar através destas cartas bordadas”, elucidou a empresária.

No final foram oferecidas tulipas aos presentes “esta é a minha flor e marca presença em quase todos os bordados que faço, embora eu saiba que nos Lenços de Namorados ela não está presente”, finalizou Adelaide Marques.

Esta iniciativa insere-se a programação Fevereiro, Mês do Romance, que integra o projeto ‘Centro de Dinamização Artesanal- Aliança Artesanal’, aprovado pelo EEC Provere Minho IN, do Programa Operacional Regional do Norte (ON2), Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, com um investimento de 663.028,80 e comparticipado a 80 por cento.