page up
voltar ao topo
Notícias
Aliança Artesanal apresentou linha para batizados, comunhões e casamentos
Fevereiro 24, 2020

Após 30 dias intensos de programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’, hoje, 24 de fevereiro, foi a vez de mostrar o trabalho feito em ‘casa’, com a apresentação ‘Produtos Aliança Artesanal’. A nova coleção é pensada especialmente para os momentos mais simbólicos, como batizados, comunhões e casamentos, com produtos criados com todo o amor pelas mãos das bordadeiras da Aliança Artesanal.

É graças ao seu talento e trabalho diário, ao longo dos 32 anos de existência da instituição, que é possível preservar e manter viva a tradição secular dos Lenços de Namorados. Um trabalho de grande esforço e dedicação que está na origem da marca Namorar Portugal e da programação mais romântica do país.

Cristina Lopes foi a responsável por apresentar a nova linha lançada este ano, vocacionada para cerimónias. “Decidimos passar os lenços para outros suportes e desta vez escolhemos roupa de batizados, comunhões e noivas. Temos lenços e toalhas de batizado, bem como lembranças para cada um destes momentos especiais, como saquinhos de cheiro e argolas para guardanapos”, explicou, acrescentando que todos os produtos podem ser personalizados em função dos gostos e necessidades dos clientes.

Um trabalho dedicado e meritório

A vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, teceu desde logo rasgados elogios e prestou o seu reconhecimento. “Não nos cansamos de agradecer todo o trabalho, todas as horas e dias de esforço para criar estas obras de arte. Muitas estão aqui e tantas outras na casa dos portugueses, constituindo um grande museu de Lenços de Namorados espalhado pelo país e pelo mundo”, afirmou.

Júlia Fernandes referiu que, apesar da difícil realidade do artesanato em Portugal, com valores de IVA e impostos elevados, as pessoas que trabalham na Aliança Artesanal vencem todas as contrariedades. “Têm sabido manter o barco em alto mar, com toda a força que é característica da mulher minhota, e estão agarradas ao leme para levar a bom porto esta que é a melhor instituição do país no artesanato relacionado com os Lenços de Namorados”, concluiu.

“Nos momentos mais simbólicos e importantes da vida das pessoas”

Presente na sessão de apresentação, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, enalteceu a “qualidade e excelente capacidade criativa” evidenciada em mais uma coleção, que “engrandece os produtos Namorar Portugal, a Aliança Artesanal, o concelho de Vila Verde e todo o país”.

A marca Namorar Portugal, que se tem afirmado cada vez mais como uma referência nos mercados regionais, nacionais e internacionais, tem origem no que se faz na Aliança Artesanal e isso não passou ao lado do autarca. “Olhando para aqui vemos muita dedicação, muito trabalho, que espero que se traduza em reconhecimento externo pelo seu valor do ponto de vista cultural e económico”, destacou.

Os produtos podem ser personalizados à medida e ao gosto de cada um, numa coleção pensada para as ocasiões especiais. “Nos momentos mais simbólicos e importantes da vida das pessoas, como comunhões, batizados e casamentos, pode estar presente o trabalho da Aliança Artesanal, das pessoas que aqui trabalham”, aproveitou para referir o edil.

Para terminar, os votos foram de um futuro risonho, sempre com o objetivo de que a marca e os Lenços continuem a percorrer o mundo e a conquistar cada vez mais pessoas e corações.