page up
voltar ao topo
Notícias
Fernando Rei brilhou no Braga Parque, Vila Verde recebeu dois workshops e Prado com desfile no Centro Escolar
Fevereiro 16, 2020

 

Mais um sábado recheado de atividades inseridas na programação turístico-cultural ‘Fevereiro, Mês do Romance’, do Município de Vila Verde. Ontem, 15 de fevereiro, Vila Verde recebeu dois workshops no Espaço Namorar Portugal: ‘Passarinhos a Voar’, de Rosa Simões, e ‘A Minhota’, de Maria de Jesus Martins. Na capital do Minho, a passadeira vermelha estendeu-se na escadaria do Braga Parque para receber as propostas da nova linha Namorar Portugal da Tearte, de Fernando Rei. Ao serão, tempo para Namorar Prado, um desfile de moda com materiais reciclados abrilhantado pela música de Rogério Braga, organizado pela Associação de Pais e Encarregados de Educação do Centro Escolar de Prado.

 

O criador Fernando Rei, da Tearte, apresentou a sua mais recente linha Namorar Portugal com um desfile de moda que levou a força da cultura e da tradição ao centro comercial mais concorrido da capital do Minho, o Braga Parque. Uma fusão entre o tradicional e o moderno, com propostas contemporâneas confecionadas no tear manual e inspiradas nos motivos dos Lenços de Namorados. Pela passerelle passaram cerca de 50 coordenados num desfile que contou também com a participação de elementos e trajes do Grupo Folclórico da Universidade do Minho. As propostas são apenas alguns exemplos do que é possível fazer com os tecidos, padrões e arranjos do criador aboinobrense, já que são suscetíveis de serem personalizadas em função dos gostos dos clientes.

Destaque também para os dois workshops que decorreram no Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde. Durante a manhã, ‘Passarinhos a Voar’ trouxe muita cor e alegria à sede do concelho. Rosa Simões, coordenadora da atividade, ensinou os participantes a fazerem pássaros coloridos, com pequenos motivos delicados, que posteriormente foram preenchidos para que ganhassem forma. Mais uma vez o púbico marcou presença em força e, dos mais pequenos aos mais crescidos, todos deram asas à criatividade e deixaram a imaginação voar. Da parte da tarde, Maria de Jesus Martins partilhou com os participantes no workshop ‘A Minhota’ as técnicas que estão na origem das suas bonecas artesanais. Uma sessão em que se respirou tradição e cultura, amor e ternura, e que, uma vez mais, permitiu ao público conhecer o processo criativo e os truques utilizados pela parceira Namorar Portugal de forma totalmente gratuita.

Ao serão, tempo para os modelos de palmo e meio (e não só) brilharem sob as luzes dos holofotes. O desfile Namorar Prado levou à passerelle propostas que incorporaram diversos materiais reciclados/reutilizados, bem como coordenados fornecidos pelo comércio local, numa iniciativa que pretendeu passar uma forte mensagem de sustentabilidade e preservação ambiental. Além dos alunos do Centro Escolar de Prado, desfilaram também pais, professores e auxiliares de educação. A noite foi abrilhantada pela música ao vivo de Rogério Braga e os arranjos musicais para o desfile ficaram a cargo do DJ Tosttas. Mais uma vez, a comunidade escolar juntou-se à programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’, com atividades lúdico-pedagógicas que levam os mais novos contactar com o seu legado cultural de forma dinâmica e divertida. A iniciativa foi organizada pela Associação de Pais e Encarregados de Educação do Centro Escolar de Prado.