page up
voltar ao topo
Notícias
Workshops, concentração de carros clássicos e desfile de moda School in Love a encerrar a Semana do Amor!
Fevereiro 19, 2019

A terceira semana temática da programação ‘Fevereiro – Mês do Romance’, a Semana do Amor, encerrou com um domingo repleto de atividades que continuam a adensar a atmosfera de amor e romance que envolve Vila Verde e se alastra pelo país e pelo mundo. Os workshops Namorar Portugal, a Feira de Velharias e Colecionismo, a concentração de carros clássicos e o desfile de moda School in Love fizeram as delícias de vilaverdenses e visitantes. As iniciativas começaram logo de manhã cedo, com a Feira de Velharias e Colecionismo a encher a Praça da República de excelentes oportunidades de negócio. Pouco depois, pelas 10h00, as máquinas de outrora mostraram que ainda têm muito para dar. Ali perto, na Praça de Santo António, a Concentração de Carros Antigos não deixava indiferentes os amantes das quatro rodas que se iam aglomerando em torno dos veículos. A iniciativa foi promovida pela Associação de Clássicos em Rolantes de Vila Verde.

Entretanto, o Espaço Namorar Portugal foi palco de mais dois workshops dirigidos por parceiros da marca territorial do Município de Vila Verde. Durante a manhã, a talentosa e sobejamente conhecida artesã Camila Silva distribuiu linhas, agulhas, conhecimentos e boa disposição pelos participantes no Workshop de Bordado. Durante a tarde, tempo para a criativa Maria de Jesus Martins partilhar com o público a inspiração e as técnicas utilizadas na sua mais recente linha de produtos Namorar Portugal. Arte, alegria e muito ritmo no workshop ‘Vem bordar o teu Músico Namorar Portugal’.

Foi também durante o período da tarde que o amor se instalou na Escola Secundária de Vila Verde. Uma tarde de moda, música e muito amor na iniciativa School in Love, promovida por quatro alunos do Curso Profissional de Turismo: Alexandra Macedo, Diogo Morais, Gabriela Grilo e Joana Martins. A passerelle vermelha iluminada em forma de coração recebeu várias propostas de moda do comércio local, desfiladas por jovens modelos, e momentos musicais que ajudaram a compor o figurino para uma tarde muito bem passada. Além das propostas de moda, também a maquilhagem e trabalho de cabeleireiro foram realizados por empresas locais que mostraram que a prata da casa tem muito valor. Um rol de motivos de interesse que encheu o pavilhão da Escola Secundária de Vila Verde.

Uma escola para a vida

Presente no evento, a Vereadora da Cultura do Município de Vila Verde sublinhou que a School in Love é já uma das mais emblemáticas atividades de um programa denso e emotivo que se estende ao longo de 38 dias consecutivos, com mais de 100 iniciativas e mais de 200 parceiros envolvidos. Júlia Fernandes prosseguiu congratulando os jovens alunos pelo brilharete. “Este magnífico grupo realizou hoje a sua prova de aptidão profissional. Quero agradecer todo o amor e carinho que colocaram nesta organização, empenharam-se muito para que tudo corresse na perfeição. Podiam ter feito uma coisa mais simples e que não envolvesse tanto trabalho. Mas não o fizeram. Quiseram apostar forte e presentear-nos com uma tarde magnífica”, referiu, sublinhando a importância dos estabelecimentos de ensino no crescimento pessoal e humano de cada indivíduo. “Uma excelente tarde em que apreciámos também o que é ser escola. Muito para além do que é o currículo, é também chamar aqui a família, as pessoas, o concelho… e podermos assistir a outra faceta da escola”, concluiu Júlia Fernandes.

Namorar Portugal leva o nome de Vila Verde pelo mundo

Por sua vez, o Diretor da Escola Secundária de Vila Verde frisou que “é uma honra estarmos uma vez mais associados ao Mês do Romance”. João Graça continuou elogiando o trabalho desenvolvido pelo Município de Vila Verde: “Utilizando um ícone identitário do concelho, os Lenços de Namorados, conseguiu potenciar um conjunto de valências e indústrias e promover o nosso concelho não só a nível local, mas a nível regional, nacional e até mesmo internacional”. João Graça vincou ainda que a Escola Secundária “deve ser também promotora e potenciar este trabalho”. “Temos aqui imensa mão de obra qualificada. Somos uma escola com cursos profissionais. Temos alunos capazes com capacidade e vontade de fazer, excelentes professores e assistentes operacionais”, concluiu o Diretor da Escola Secundária de Vila Verde.