page up
voltar ao topo
Notícias
Linha ‘Amor Infinito’, concerto dos Trovar D’Alma e três workshops num dia repleto de Romance!
Fevereiro 10, 2019

O Mês do Romance segue a bom ritmo, presenteando habitantes e visitantes de Vila Verde com um diversificado e apaixonante conjunto de iniciativas. Na manhã de ontem, 9 de fevereiro, o representante da ourivesaria Os Luizes, Luiz Macedo, esteve no Espaço Namorar Portugal partilhar alguns dos mais fascinantes truques e segredos da arte da ourivesaria. Os parceiros da marca territorial do Município de Vila Verde têm sido incessantes na partilha de conhecimentos com o público e o dia mostrou-se especialmente frutífero nesse sentido. No período vespertino, enquanto o Espaço Namorar Portugal acolhia o ‘Workshop em Cabaça e Biscuit’, conduzido pela Aguinalda Conduto, a Quinta Vale do Homem, em Amares, foi o cenário do ‘Workshop de Bordado’, dirigido pela Aliança Artesanal. Foi também nesta tarde que decorreu a apresentação da nova linha ‘Amor Infinito’ da Decor-Verde Interiores, que voltou a inspirar-se nos motivos dos Lenços de Namorados para uma coleção muito diversificada (vestuário, artigos de decoração, acessórios de moda…). O vasto e intenso dia da programação turístico-cultural não poderia ter terminado da melhor forma, com o espetáculo musical dos Trovar D’Alma que veio dar voz e ritmo ao amor que se respira em Vila Verde.

Workshops de ourivesaria, bordados e trabalhos manuais

Numa manhã dedicada à ourivesaria com um workshop conduzido por Luiz Macedo, várias pessoas aprenderam alguns truques e segredos na base desta bela forma de arte. O representante de Os Luizes, criadores das famosas joias Namorar Portugal, deu uma verdadeira aula de introdução à ourivesaria, munindo os aprendizes com os mais diversos utensílios de ourives. Os participantes puderam até moldar metal através do fogo, criando peças singulares.

Na tarde de um dia que se adivinhava como pródigo na partilha de conhecimentos dos parceiros da marca Namorar Portugal, Aguinalda Couto deu a conhecer melhor a arte por detrás das suas icónicas bonecas, construídas a partir de cabaça. Num workshop que deleitou miúdos e graúdos, a imaginação e a criatividade foram o mote dos participantes que decoraram e pintaram a sua própria boneca, para mais tarde recordar. Simultaneamente, na Quinta Vale do Homem, em Amares, decorria o ‘Workshop de Bordado’ conduzido pela Aliança Artesanal. A cooperativa dá cartas, mais uma vez, nos ensinamentos de uma arte que tão bem domina. As linhas que costuram as mais belas mensagens de amor foram o âmago desta iniciativa que levou os participantes a aprender e experienciar o método de confeção dos mais emblemáticos motivos dos Lenços de Namorados.

‘Amor infinitivo’ na terra da tradição

A tarde foi ainda marcada pela apresentação de um novo produto Namorar Portugal. Adelaide Marques, representante da empresa Decor-Verde Interiores, apresentou a nova linha ‘Amor Infinitivo’ com um discurso apaixonante. Num autêntico hino ao amor e à amizade, a parceira da marca territorial concelhia exibiu e revelou um leque dos mais diversificados utensílios e artigos decorativos para o lar. Além disso, a empresa de decoração surpreende ao apostar numa linha de produtos que inclui roupa e acessórios de moda. “Eu queria trazer a coleção e a Namorar Portugal para a rua, para que as pessoas vejam, e para isso nada melhor que a roupa”, afirmou Adelaide Marques. A inspiração da empresa sediada na “terra da tradição e onde o amor acontece” foi o amor infinito. “Usando a simbologia do infinito, palavras e, claro, os bordados, a Decor-Verde pretende que seja transmitido o real sentimento, intenso e determinado, que é o amor. Muitas vezes não o fazemos verbalmente e, assim, fica gravado para sempre nos bordados”, declarou a representante da marca. A uma coleção que celebra os afetos, juntou-se uma linha dedicada à amizade, “o mais nobre sentimento humano”.

Presente na sessão, a Vereadora da Cultura do Município de Vila Verde teceu largos elogios a Adelaide Marques. “É uma mulher extremamente criativa. Tem sempre a cabeça a fervilhar, há sempre ideias a surgir”, referiu Júlia Fernandes. Por sua vez, o Presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, relembrou que estamos ainda nas primeiras semanas de programação de ‘Fevereiro, Mês do Romance’, mas os produtos Namorar Portugal já estiveram presentes em diversos eventos dentro e fora do país. “Já percorremos muitos locais a levar esta mensagem de Vila Verde. É uma terra que tem muito para dar, mas tem, sobretudo, com a Namorar Portugal, parceiros capazes de estar sempre a criar e a fazer coisas novas”, vincou o edil, fazendo um balanço muito positivo do caminho percorrido até ao momento. “Eu diria que a marca está a cumprir o objetivo para a qual foi criada, que é criar novas dinâmicas, desafiar as pessoas a ser criativas”, concluiu António Vilela.

Trovar D’Alma protagonizam espetáculo musical dedicado ao amor

O roteiro de um dia repleto de afetos terminou no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde, onde decorreu um espetáculo musical para todos quantos quiseram desfrutar de uma mágica noite ao som dos mais belos temas de amor. Trovar D’Alma foram os condutores de uma viagem por um repertório de músicas intemporais que a todos fizeram recordar momentos de encontro e reencontro. Servindo-se de instrumentos tradicionais, a sonoridade acústica reproduzida juntou-se a letras e poemas populares que transmitem a alma e o sentir do povo. O grupo local, que contou com a adição de dois jovens integrantes, fez a ligação entre a antiga e a nova geração de músicos, garantindo a preservação da rica tradição musical portuguesa.