page up
voltar ao topo
Notícias
Mês do Romance: Vila Verde a fervilhar de vida no encerramento da Semana da Saudade!
Fevereiro 26, 2018

Vila Verde continua a fervilhar de vida com a programação mais romântica e apaixonante do país. O Mês do Romance tem tocado nos corações das pessoas pelo país e pelo mundo, mas é em Vila Verde, onde o amor acontece, que essa bela e delicada fragrância se sente com maior intensidade. Ontem, 25 de fevereiro, a programação turístico-cultural do Município de Vila Verde (dividida em semanas temáticas) voltou a encher de cor e alegria o concelho para o encerramento da Semana da Saudade. A Feira de Produtos em Segunda Mão, o Workshop de Cestaria, a Celebração do Amor (presidida pelo Arcebispo Primaz D. Jorge Ortiga), o Desfile de Moda Sénior e a Ação de Degustação de Produtos Agroalimentares Namorar Portugal. Estas foram as iniciativas que, ontem, se somaram aos inúmeros motivos de que existem no concelho de Vila Verde e fazem com que mereça uma visita durante qualquer altura do ano.

Numa semana de inverno com sabor a primavera, o domingo nasceu ameno e soalheiro. Um céu azul intenso envolvia a mais emblemática avenida vilaverdense, protegida do sol por um denso arvoredo, rompido ocasionalmente por alguns raios de sol mais engenhosos. Pouco passava das 09h00 e a azáfama já era grande. A sombra das árvores da Praça da República, apoiada por um pequeno exército de guarda-sóis, servia de refúgio para comerciantes e transeuntes, que enchiam de cor e vida a sede de concelho à procura de boas oportunidades de negócio. A Feira de Produtos em Segunda Mão foi organizada pelo Município de Vila Verde.

O amor de Portugal já chegou ao vime

Pouco depois, por volta das 10h00, começava o Workshop de Cestaria. A talentosa artesã Rosa Rodrigues estreou-se este ano nas andanças do Mês do Romance, com uma linha Namorar Portugal que une duas carismáticas e acarinhadas tradições portugueses. Rosa Rodrigues uniu os sentimentos e afetos dos Lenços Namorar Portugal à arte antiga de trabalhar o vime, criando encantadoras propostas de cestaria. Ontem, esteve no Espaço Namorar Portugal para partilhar com o público algumas das técnicas e segredos por trás das suas criações.

Arcebispo Primaz presidiu a Celebração do Amor

Uma hora mais tarde, as atenções estavam voltadas para a Igreja Paroquial de Moure, onde se realizava a ‘Celebração do Amor’, uma cerimónia organizada pelo Padre Sandro Vasconcelos e presidida pelo Arcebispo Primaz de Braga D. Jorge Ortiga, que realizou também a bênçãos dos casais. D. Jorge Ortiga enfatizou a importância do respeito ao amor, que deve ser visto como uma bênção e ser encarado com responsabilidade, alegria e compromisso. “O namoro está aberto ao conhecimento, à alegria, à comunhão, à partilha, pois é um projeto aberto à vida e à felicidade», referiu, durante a homilia.

Um desfile de charme e carisma

Ao início da tarde, a elegância dos desfiles de moda regressou à sede de concelho e, desta feita, instalou-se no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde. Ao habitual desfile de charme e carisma protagonizado pelos modelos seniores, juntou-se este ano uma vertente inclusiva, que levou jovens com necessidades especiais a desfilarem na passerelle, ajudando a dar ainda mais brilho à ocasião. O Desfile de Moda Sénior, organizado pela AMUTER (Associação dos Amigos do Museu Terras de Regalados), voltou a apontar as luzes dos holofotes para o talento do público de idade mais avançada, contribuindo, em simultâneo, para promover o comércio local. Pelo meio, houve ainda tempo para excelentes atuações musicais protagonizadas por jovens locais.

Os sabores do romance

Depois de um dia tão agitado, nada melhor para retemperar energias que uma sessão (totalmente gratuita) de degustação dos deliciosos produtos agroalimentares Namorar Portugal. Compotas, queijo, azeite, bolachas, Pink Cake, broinhas do Amor e Pão de Ló Água na Boca foram apenas algumas das saborosas propostas apresentadas por vários parceiros Namorar Portugal (Quelha Branca, Pastelaria DaVila, Lactimercados e Devesa do Cávado). Para acompanhar, um vinho Socalcos do Bouro bem fresco ou um chá das Serras Brandas quentinho, dependendo do gosto e da disposição. Um final de tarde em beleza, para culminar mais um domingo recheado de atividade com iniciativas para agradar a ‘todos os gostos e feitios’.