page up
voltar ao topo
Notícias
Vera Cancela dirigiu Workshop de Bordado e Maria de Jesus Martins apresentou os ‘Santos Populares Namorar Portugal’
Fevereiro 27, 2017

A Semana da Aventura do Mês do Romance arrancou hoje, 27 de fevereiro, com duas atividades que encheram de vida o Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde. Ao início da manhã, a sobejamente conhecida criadora Vera Cancela, parceira Namorar Portugal, conduziu um extremamente interessante workshop de bordado. O público pôde aprender com as mãos experimentadas de quem domina com mestria esta delicada forma de arte, numa sessão que levou os participantes à descoberta do imaginário da genuína tradição minhota.

Por volta das 11h00, as atenções voltaram-se para a apresentação dos ‘Santos Populares Namorar Portugal’, da artesã Maria de Jesus Martins, que se estreia este ano na grande família Namorar Portugal. A artesã barcelense confessou-se uma apaixonada “pelas linhas e cores” dos motivos dos Lenços de Namorados, daí que seja com alguma naturalidade que apresente uma nova linha de produtos inspirados nas escritas de amor da tradição minhota. Aos Santos Populares juntam-se ainda arcos festivos e os barcos para compor uma deslumbrante coleção de arte. Maria de Jesus Martins aproveitou ainda a sessão para sublinhar que “é uma honra pertencer à marca Namorar Portugal e gostaria de agradecer o imenso carinho com que me receberam”.

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde deu as boas-vindas à nova parceira Namorar Portugal, que vem ajudar a enriquecer uma marca consolidada e com grande projeção nacional e internacional. António Vilela prosseguiu congratulando a artesã Maria de Jesus Martins pela criatividade: “Como eu costumo dizer, quando achamos que já está tudo inventado, aparece sempre alguém a inovar e a surpreender”. “Bem-vinda à grande família Namorar Portugal, que, neste momento, conta já com 60 parceiros espalhados pelo país. Temos ouvido vários parceiros dizerem que experienciaram um crescimento exponencial no volume de negócios e espero que aconteça mos mesmo com os seus produtos”, frisou António Vilela, acrescentando que “é extremamente interessante a união entre dois níveis da nossa cultura, a tradição dos Santos Populares e a tradição dos Lenços de Namorados”.