page up
voltar ao topo
Notícias
Desfile de Moda do Comércio, workshop da Elisa Handmade Stories e apresentação da linha ‘Tradição’ a encerrar a Semana da Saudade
Fevereiro 27, 2017

A Semana da Saudade (20 a 26 de fevereiro) da programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’, do Município de Vila Verde, encerrou com a sede de concelho a fervilhar de vida. O domingo começou com a Feira de Produtos em 2ª mão que trouxe inúmeros vilaverdenses e visitantes ao coração da vila. Ao início da tarde, pelas 15h00, o Centro de Artes e Cultura recebia um autêntico banho de multidão para o Desfile de Moda ‘Vila Verde – Comércio com Vida!’, organizado pela AEViver. Em simultâneo, Dulce Rocha, responsável pela empresa Elisa Handmade Stories, conduzia um workshop no Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, onde duas horas mais tarde (às 17h00) haveria também de apresentar a nova linha de produtos ‘Tradição’.

O Centro de Artes e Cultura de Vila Verde esteve a 'rebentar pelas costuras', durante a tarde de ontem, para receber mais um evento que aliou a elegância e o glamour dos desfiles de moda à magia dos espetáculos de música ao vivo. A iniciativa ajudou a enriquecer a agenda cultural do concelho e da região e, em simultâneo, permitiu divulgar e promover a economia local, já que as propostas que palmilharam a passerelle foram apresentadas pelo comércio tradicional vilaverdense. O Desfile de Moda 'Vila Verde Comércio com Vida', organizado pela AEViver, englobou ainda a entrega dos prémios do Concurso de Montras Namorar Portugal, cuja adesão ultrapassou as quatro dezenas de participantes.

Em simultâneo, a talentosa Dulce Rocha chegava ao Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, para ministrar o workshop ‘Cria o teu livro de histórias’ e partilhar com o público as técnicas e segredos que estão na génese dos encantadores produtos inspirados nos motivos dos Lenços de Namorados. No final da sessão, a responsável pela empresa Elisa Handmade Stories apresentou a nova linha de produtos Namorar Portugal, de seu nome ‘Tradição’. As cores, as flores, os corações das escritas de amor da tradição minhota são uma constante na nova coleção, que apresenta duas propostas para o dia do casamento, os porta-alianças ‘História de Amor – Flores Namoradeiras’ e os livros de mensagens ‘História de Amor – Corações Enamorados’, ambos encadernados de forma artesanal e integralmente feitos à mão.

“Os porta-alianças são dois pequenos livros para transportar as alianças no dia do casamento. Cada livro conta com 25 folhas em branco, onde cada um dos noivos irá dedicar ao outro as mais belas palavras de amor. A primeira folha deverá ser escrita pelos noivos, antes ou no dia do casamento, as restantes serão escritas a cada ano ao longo dos 24 seguintes, até às Bodas de Prata”, afirmou Dulce Rocha. Por sua vez, o livro de mensagens contém vários corações impressos em cada página, para que os convidados escrevam a sua mensagem e a colem nas páginas do livro.

 

“Criados de forma totalmente artesanal, desde a capa, passando pelo miolo, até à sua costura manual, e totalmente personalizados ao gosto do cliente, todos estes produtos nascem para contar histórias de amor – as histórias dos noivos que nos escolhem para os ajudar a eternizar um dia tão especial. As cores e as flores dos Lenços dos Namorados misturam-se, assim, com a pureza da renda e das fitas de cetim numa reinterpretação da ‘Tradição’”, concluiu Dulce Rocha.