page up
voltar ao topo
Notícias
Produtos de apoio à tecnologia diária são novidade na linha ‘Já Namoras? 2017’ // Aliança Artesanal conduziu Workshop de Bordado
Fevereiro 21, 2017

A inebriante fragrância do amor continua a conquistar corações pelo país e pelo mundo à medida que palmilhamos a densa e emotiva programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’. Ontem, 20 de fevereiro, o dia começou com a apresentação de uma nova e diversificada linha que prima pelos produtos de apoio à tecnologia diária. Pen drives, power banks, capas e carregadores de telemóvel, relógios de parede, canetas e porta-chaves são apenas alguns dos exemplos da grande variedade de artigos que integram 'Já Namoras? 2017'. Hoje, 21 de fevereiro, as bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal estiveram no Espaço Namorar Portugal para ensinar ao público as técnicas e pontos dos bordados das escritas de amor da tradição minhota, conduzindo o ‘Workshop de Bordado’.

 

Carlos Araújo preparou-se a preceito para a edição de 2017 do Mês do Romance e surpreendeu o público com um leque muito diversificado de produtos. O responsável pela ‘Já Namoras?’ começou por salientar que a empresa “tem um grande gosto em colaborar com a Namorar Portugal, desde que entrámos tivemos uma projeção muito grande, porque é uma marca conhecida a nível nacional e internacional”. Carlos Araújo prosseguiu apresentando as novidades deste ano. “Alargámos muito o nosso leque de artigos e apostámos em produtos de apoio à tecnologia. Já tínhamos as capas de telemóvel e expandimos para power banks, carregadores de telemóvel e pen drives. Também alargámos a linha de porta chaves e apostámos em novos produtos, como as esferográficas, os relógios de parede, os ímans e os isqueiros, entre outros”, referiu, acrescentando que a nova linha contempla ainda uma lata que contém sementes de orquídea, para que as pessoas possam cuidar e regar fazendo germinar a flor, “distancia-se um bocado dos outros, mas pauta pela originalidade”.

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, começou por congratular o parceiro “pela excelente linha que nos apresenta, com produtos muito variados e de grande utilidade”. O edil prosseguiu vincando o contentamento pelo facto de esta forte parceria dar frutos e cumprir os desígnios a que se propôs, dinamizar a economia, promover a cultura, preservar a tradição e projetar o território dentro e fora de portas. “Felizmente, desde que começou o Mês do Romance, já ouvimos várias vezes os parceiros dizerem que o seu negócio cresceu muito com a entrada na marca Namorar Portugal, o que nos dá uma grande satisfação. Neste caso, estamos perante um projeto diferenciador, voltado para o setor tecnológico. Esperamos que continue a ter um grande sucesso”, frisou António Vilela.

 

Hoje, 21 de fevereiro, o dia começou com um autêntico hino ao artesanato e à cultura. As experientes bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal estiveram no Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, para partilhar com o público as técnicas e pontos que dão origem aos ternurentos e encantadores bordados dos Lenços de Namorados. Uma oportunidade de excelência para os interessados poderem aprender diretamente com profissionais experientes e talentosas, que dominam com mestria a bela e delicada arte de produzir e reproduzir as escritas de amor da tradição minhota, garantindo a preservação e valorização de um dos maiores ícones identitários da região e do país.