page up
voltar ao topo
Notícias
INATEL de Braga está a ‘Enamorar a Tradição’ e a Decor-Verde apresentou nova linha de decoração
Fevereiro 10, 2017

A marca territorial Namorar Portugal continua com uma dinâmica invejável. Hoje, 10 de fevereiro, a manhã começou com a apresentação da nova linha ‘Estrelícia na decoração, com muita paixão!’, da autoria da empresa vilaverdense Decor-Verde, que brindou o público com um leque alargado de encantadores produtos de decoração. Durante a tarde, as escritas de amor da tradição minhota rumaram à capital do Minho para a inauguração da ação promocional ‘Enamorar a Tradição’, que decorreu nas instalações da INATEL, onde os produtos Namorar Portugal podem ser apreciados e /ou adquiridos até ao dia 18 de fevereiro. Durante este período decorrem diariamente workshops temáticos, totalmente gratuitos e extremamente interessantes, em que os parceiros vão partilhar com o público alguns dos segredos de confeção dos deslumbrantes produtos inspirados nos Lenços de Namorados.

Adelaide Marques: Inovar sem esquecer o maior ícone de Vila Verde

O espaço comercial da Decor-Verde, em Vila Verde, abriu as portas para uma manhã memorável. Há vários anos na família Namorar Portugal, a empresa vilaverdense está de pedra e cal no projeto e continua, ano após ano, a deslumbrar a região e o país com as belas propostas de decoração de interiores. “No mercado há 36 anos, a Decor-Verde tem a honra de pertencer à marca Namorar Portugal e tenta sempre inovar nos seus trabalhos, sem esquecer o ícone de Vila Verde, os Lenços de Namorados, que fazem parte da identidade deste concelho”, afirmou a responsável pela empresa, Adelaide Marques, que afirma estar “na decoração com muita paixão”, revelando ainda que todas as quadras e desenhos são criadas pela Decor-Verde.

Este ano, os motivos dos Lenços de Namorados ganham a companhia das elegantes estrelícias. “Não queremos parar. Pensei na estrelícia como flor digna de salientar, acrescentando-a aos nossos trabalhos elaborados com paixão e dedicação. Esta flor representa a elegância. A sua beleza e requinte deixam harmonia no ar. Também são extremamente atrativas para os beija-flores, aves que simbolizam as pessoas apaixonadas”, vincou, concluindo com um pouco de poesia: “O amor é a maior razão que todos temos para viver // Vamos vivê-lo com paixão e ninguém fazer sofrer”.

António Ponte: “Ancorando nos bens culturais o desenvolvimento económico e social das regiões”

O Diretor Regional da Cultura do Norte, António Ponte, marcou presença na sessão e deixou rasgados elogios ao trabalho desenvolvido pelo Município de Vila Verde e aos parceiros “pela valorização da sua imagem de marca e por utilizarem um elemento da cultura tradicional para se promoverem no exterior”. “É uma prova inequívoca de que a partir da conjugação das várias dimensões da cultura podemos desenvolver produtos estratégicos na valorização das pessoas, ancorando nos bens culturais o desenvolvimento económico e social das regiões”, afirmou.

Durante a tarde, pelas 16h00, a cidade de Braga voltou a receber de braços abertos a marca territorial vilaverdense durante a inauguração da ação promocional ‘Enamorar a Tradição’. De 10 a 18 de fevereiro, os produtos Namorar Portugal estarão patentes na sede da delegação bracarense da Fundação Inatel para serem apreciados e/ou adquiridos por bracarenses e visitantes. Durante este período decorrem diariamente workshops temáticos, totalmente gratuitos e extremamente interessantes, em que os promotores vão partilhar com o público alguns dos segredos de confeção dos deslumbrantes produtos inspirados nos Lenços de Namorados.

António Vilela: “Um dos grandes ícones do nosso país”

Presente em ambas as sessões, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, não escondeu a satisfação pelo enorme sucesso deste projeto, que contribui em simultâneo para a preservação da cultura, a dinamização da economia e a promoção turística da região e do país. “Os produtos Namorar Portugal já estão espalhados pelos quatro cantos do mundo e os Lenços de Namorados são um dos grandes ícones do nosso país, ao lado de referências como o Fado e com o Galo de Barcelos em lojas de turismo nacionais e internacionais”, afirmou o edil, acrescentando que só na última semana já foram desenvolvidas ações em Braga, Lisboa e Porto, e muitas mais se seguem até ao fim do Mês do Romance. António Vilela recordou ainda que a iniciativa âncora da programação, a Gala Namorar Portugal, está já aí à porta, decorre a 14 de fevereiro, e tem contribuído significativamente para impulsionar a marca e o projeto.

Armindo oliveira: “Tem vida própria e uma dinâmica invejável… Um exemplo a seguir”

O Diretor Distrital da Fundação INATEL começou por sublinhar que “é uma honra receber este projeto, que tem vida própria e uma dinâmica invejável, tenho a certeza que será um caso de estudo e um exemplo a seguir”. Armindo Oliveira prosseguiu aproveitando a oportunidade para fazer um agradecimento público às autarquias de Braga e Vila Verde pela colaboração próxima e estreita em inúmeros projetos de índoles diversificadas. O Diretor Distrital concluiu deixando o desafio aos bracarenses para participarem nos workshops “gratuitos e extremamente interessantes” que vão decorrer diariamente até ao dia 18 de fevereiro nas instalações da INATEL.

Ricardo Rio: Orgulho de encontrar os produtos Namorar Portugal em visitas internacionais

O encerramento da sessão coube ao presidente do Município de Braga, Ricardo Rio, que começou por agradecer ao anfitrião a cooperação mútua e profícua entre a autarquia e a INATEL. Ricardo Rio deixou também uma palavra de apreço ao trabalho desenvolvido pelo Município de Vila Verde e demais parceiros Namorar Portugal. “Para mim é um privilégio estar aqui. Nem digo que vos acolho na nossa cidade, porque normalmente acolhem-se visitas e nós queremos que em Braga se sintam em casa”, afirmou o edil bracarense, revelando que acompanha há vários anos “um projeto notável em várias perspetivas”.

“É notável o conceito, a maneira como consegue transformar uma ideia em torno de produtos nacionais num projeto de dinamização da economia e projeção do concelho dentro e fora de portas. Notável o crescimento do processo com grande esforço dos intervenientes. E notáveis os resultados. É incontornável, estes produtos estão espalhados por todo o mundo e é com grande orgulho que os tenho encontrado em visitas internacionais”, rematou Ricardo Rio. A sessão acabou como terminou, com uma atuação de música tradicional, a que se seguiu um momento de confraternização e de degustação de produtos agro-alimentares Namorar Portugal.