page up
voltar ao topo
Notícias
Higimendes apresentou linha inspirada nos motivos dos Lenços de Namorados
Fevereiro 07, 2017

A nova linha de produtos Namorar Portugal vai pintar com cores alegres e mensagens de amor os mais diversificados espaços (lares, empresas, cozinhas, escritórios...), aliando a qualidade dos materiais ao encanto das escritas de amor da tradição minhota. Dispensadores de papel, saboneteiras e baldes são apenas algumas das propostas da empresa Higimendes, inspiradas nos motivos dos Lenços de Namorados. A apresentação da ‘Desigualette’ decorreu durante a manhã de hoje, 07 de fevereiro, no Espaço Comercial da Higimendes, em Vila Verde.

A abertura da sessão coube à vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes. “Estamos neste belíssimo espaço comercial para a apresentação de um novo produto e de um novo parceiro nesta família, que está cada vez mais numerosa. No final da programação teremos 60 promotores associados à marca Namorar Portugal”, afirmou Júlia Fernandes, deixando também uma palavra de apreço para a artesã pradense Fátima Mendes, responsável pelas encantadoras pinturas que adornam a nova linha de casa de banho apresentada pela Higimendes. “A artista Fátima Mendes foi uma das primeiras a transpor os bordados e os motivos dos Lenços de Namorados para a cerâmica, em Vila Verde. Um trabalho que começou há mais de 25 anos e que ajudou a iniciar este processo e a transpor as escritas de amor para outros suportes”, concluiu.

Desiguelette vai dar novo encanto a qualquer espaço

De seguida, teve a palavra a responsável pela empresa Higimendes, Susana Mendes, que começou por explicar que o nome da linha ‘Desigualette’ surge como derivação do termo francês ‘toilette’ e que o ‘desigual’ tem a ver com o facto de todos os produtos serem diferentes e de as peças podem ser personalizadas de acordo com os gostos do cliente. "A linha Desigualette' pode ser utilizada nas mais variadas áreas de atividade profissional. Também apresentamos soluções mais específicas para alguns setores profissionais, como a hotelaria, a restauração e os espaços hospitalares, entre outros”, afirmou Susana Mendes, acrescentando que a ‘Desigualette’ vem dar uma nova imagem a produtos que nem sempre têm a melhor conotação. “São peças que as pessoas habitualmente não gostam de ver, mas neste caso têm opções mais bonitas e agradáveis à vista”, concluiu a responsável por uma linha que alia a qualidade dos materiais ao encanto das escritas de amor da tradição minhota.

Soluções bonitas, eficazes e duradouras para embelezar o país de lés a lés

Por sua vez, Fátima Mendes não escondeu que foi desafiante avançar para a pintura destas peças. No entanto, a artesã não vira as costas a um bom desafio, arregaçou as mangas e começou a procurar soluções bonitas, eficazes e duradouras para embelezar oo país de lés a lés. Garantida a eficácia do processo, “as pinturas são protegidas por uma película de segurança”, começou a desenvolver a arte que domina com mestria e a transpor os motivos dos Lenços de Namorados sob a forma de belas pinturas. “Sinto uma grande satisfação. Gostava de ver estes produtos por todo o país. Já viram a agradável surpresa que seria, em qualquer viagem, cumprir o hábito comum de utilizar o sabão líquido ou o papel das mãos e ver estas mensagens em tons coloridos nos respetivos dispensadores e saboneteiras”, frisou, acrescentando que a partir de agora “não vamos precisar de esconder estas peças, vamos passar a pô-las em destaque”.

Vila Verde respira amor e romance

O encerramento da sessão ficou a cargo do presidente do Município de Vila Verde. António Vilela começou por dar os parabéns à repsonsável pela empresa, Susana Mendes, "pela ideia" e "à Fátima pela criatividade”, uma aliança que resultou em peças muito bonitas, difentes e inovadoras que vão tornar esses espaços mais acolhedores. “Penso que terão grande sucesso no mercado porque vão criar beleza em todos os locais onde ficarem instalados. A marca Namorar Portugal cresce todos os anos em quantidade e qualidade, porque os parceiros colocam o seu talento e criatividade ao serviço do desenvolvimento. Gostaríamos de ver a ‘Desigualette’ em todo o país e também fora de portas, o que não parece difícil dada a enorme beleza dos produtos”, referiu. O edil sublinhou ainda que a Higimendes, à semelhança de vários comerciantes vilaverdenses, decorou o seu espaço com os motivos dos Lenços de Namorados. “Esta forte adesão do comércio pode-se tornar também um fator extra de atratividade e afirmar de forma cada vez mais perentória Vila Verde como uma terra onde se respira amor e romance”, rematou António Vilela.