page up
voltar ao topo
Notícias
Sarau Cultural e apresentação do Bolo Casadoiro a encerrar o segundo fim de semana do Mês do Romance
Fevereiro 05, 2017

O segundo fim-de-semana (04 e 05 de fevereiro) da emotiva e intensa programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’, do Município de Vila Verde, encerrou com a diversidade de iniciativas a que já habitou o público. O serão de ontem, 04 de fevereiro, fica marcado pelo sarau cultural, uma noite de dança, poesia e fado organizada pela AMUTER (Amigos do Museu Terras de Regalados). Hoje, a tarde começou com a apresentação dos deliciosos ‘Bolos Casadoiros’, preparados pela parceira Namorar Portugal ‘Claríssima’ para tornar o pedido de casamento ainda mais doce e ternurento. De seguida, a responsável pela Claríssima, Clara da Cruz, conduziu um workshop que ensinou aos mais novos a deliciosa arte de produzir bolos com os motivos da tradição do Minho.

 

Fevereiro é efetivamente sinónimo de Romance, mas também de uma agenda cultural extremamente preenchida no concelho de Vila Verde. Dança, poesia e fado foram os condimentos escolhidos pela AMUTER para temperar o serão de ontem, 04 de fevereiro, que decorreu de forma extremamente agradável e interessante. As atuações de miúdos e graúdos arrancaram chuvas de aplausos à plateia, que vibrou do primeiro ao último segundo com as performances apresentadas no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde. Da música clássica à contemporânea, do Jazz ao Ballet, passando também pelo hip-hop e pelo fado, não faltaram espetáculos protagonizados com arte e mestria por inúmeros atores locais.

Um pedido de casamento adocicado e ternurento

Hoje, 05 de fevereiro, a tarde começou com um sabor adocicado. Depois de no ano passado ter surpreendido o público com os encantadores e deliciosos Bolos de Casamento inspirados nos motivos dos Lenços de Namorados, a Claríssima voltou a inovar e a apresentar um produto que alia um sabor irresistível à ternura e afeto da tradição minhota. “Depois dos bolos de casamento, este ano pensei no percurso que existe até ao casamento e que tradicionalmente começa com a entrega do Lenço, como declaração de amor. Resolvi debruçar-me sobre o pedido de casamento”, afirmou Clara da Cruz, passando de seguida à apresentação dos novos produtos. “São dois mini-bolos em forma de caixa, contendo o anel de noivado. Um é mais tradicional, com os motivos dos Lenços no exterior e interior vermelho, que é a cor da paixão. O outro é um pouco mais discreto, com exterior negro e o interior com os motivos dos Lenços de Namorados. Como, por vezes, é preciso esperar pelo timing certo para fazer o pedido de casamento, resolvi apostar em dois tipos de massa para fazer o bolo. A massa tradicional com sabor à escolha e a massa de arroz tufado, que tem uma validade muito superior”, referiu.

Promover a economia, a gastronomia e a cultura

 

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, não escondeu a “satisfação por termos parceiros criativos, que lançam linhas em anos consecutivos, explorando novos temas e momentos”. O edil sublinhando que apesar de ser um produto “de grande beleza, que até apetece guardar”, o melhor é mesmo provar as deliciosas propostas elaboradas pela Claríssima, uma parceira que contribui em simultâneo “para promover a gastronomia e a tradição, o que é excelente”. O edil concluiu vincando a impressionante dinâmica incitada pela programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’, porque, apesar de estarmos ainda no início de fevereiro, já foram apresentadas 15 novas linhas de produtos da marca Namorar Portugal.