page up
voltar ao topo
Notícias
Gatémia e Tearte deslumbram com a elegância do vestuário inspirado nos Lenços de Namorados
Fevereiro 03, 2017

Os motivos dos Lenços de Namorados voltam a inspirar criadores de moda, que adornam elegantemente os seus produtos com os símbolos e as mensagens de amor da tradição minhota. O Espaço Namorar Portugal recebeu hoje, 03 de fevereiro, a apresentação de duas novas linhas de vestuário, as encantadoras capas da Gatémia e as deslumbrantes saias e coletes da Tearte. A iniciativa insere-se na intensa e emotiva programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’, que ao longo de 38 dias se desdobra em mais de 80 iniciativas dedicadas a esse sentimento mágico que se rege por razões que a própria razão desconhece. Durante a sessão houve ainda tempo para dois mini desfiles de moda, em que foram apresentadas ao público as novas propostas destes parceiros Namorar Portugal.

“Fabricadas inteiramente no tear, com alguns apontamentos de bordado para dar um colorido especial”

O aboinobrense Fernando Pereira (mais conhecido por Fernando Rei) não deixa créditos por mãos alheias e continua a fazer jus à tradição da terra que o viu nascer, Aboim da Nóbrega, uma freguesia com um contributo determinante para a recuperação e preservação deste imenso património cultural que são os Lenços de Namorados. O responsável pela Tearte começou por agradecer o apoio ao Município de Vila Verde e às bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal, “com quem convivo muito ao longo do ano e com quem criei laços de amizade”.

Fernando Rei confessou que foi impossível resistir ao apelo da tradição minhota e ao desafio de continuar a criar com esta ampla fonte de inspiração, passando de seguida à apresentação da nova coleção. “Quase todas as peças são inspiradas no ponto de cruz dos Lenços de Namorados, uma vez que a tecelagem também é muito geométrica. Estas peças são fabricadas inteiramente no tear, com alguns apontamentos de bordado para dar um colorido especial”, afirmou, acrescentando que além dos modelos de saias e coletes apresentados, também planeia vender o tecido ao metro para que os interessados possam utilizá-lo nos seus próprios modelos.

“Uma linha mais citadina, que vai de encontro às tendências atuais”

A Gatémia é uma marca da Casa Académica, uma empresa bracarense com 75 anos de história, que se dedica ao fabrico e comercialização de “trajes e de alfaitaria por medida, primando pela qualidade e perfeição”. As palavras são da diretora geral, Rita Gonçalves, que lidera uma marca que está associada à marca Namorar Portugal desde o nascimento. “Não queríamos apenas lançar mais uma linha de capas, procurávamos algo que nos distinguisse e trouxesse valor acrescentado ao produto. Então surgiu esta parceria e depois foi um boom”, referiu, antes de apresentar as propostas elaboradas para a edição de 2017 da programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’.

“Este ano temos dois modelos com pelo, que é uma das grandes novidades. Num dos modelos temos é possível tirar a capa e ficar apenas com uma parte do forro que é um colete, é uma capa-colete. O outro é o modelo mais romântico, com capuz e/ou laçarote, que também leva pelo e tem linhas um pouco mais descaídas que os modelos de anos anteriores”, disse Rita Gonçalves, acrescentando que esta é “uma linha mais citadina, que vai de encontro às tendências atuais e que já tem suscitado muito interesse”.

“Neste mundo com tantas guerras e conflitos, é bom que em algum lado o amor faça a diferença”

Por sua vez, a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, deixou rasgados elogios a ambos os parceiros pelos belos desfiles de moda com que brindaram os presentes e pela inovação na criação de produtos inspirados nos motivos dos Lenços de Namorados. “São excelentes criações, que demonstram a inovação e o empreendedorismo destes parceiros. É um orgulho ter-vos na marca Namorar Portugal e saber que a marca também tem contribuído para aumentarem o volume de negócio. Esta é uma marca ao serviço da cultura, que se inspira nos Lenços de Namorados, mas que pretende também dinamizar a economia e já conta com inúmeros parceiros por todo o país”, frisou Júlia Fernandes, sublinhando ainda que o objetivo agora passa por conquistar corações à escala planetária.

“A estratégia de internacionalização é muito importante e já temos diversos parceiros a vender para o estrangeiro. Primeiro, não quisemos que o namorar Portugal fosse só nosso, de Vila Verde, e abrimos as portas a parceiros de todo o país. Agora, não queremos que fique só em Portugal, queremos que conquiste o mundo e que transmita carinho e afeto por todo o planeta. Neste mundo com tantas guerras e conflitos, é bom que em algum lado o amor faça a diferença e que o amor e carinho falem mais alto”, concluiu a vereadora da Cultura.

Amanhã, 04 de fevereiro, a apresentação “Bolachinha Stress Off” e o workshop “Cookies Design NP”, entre as 10h00 e as 12h00, no Espaço Namorar Portugal em Vila Verde. À tarde, pelas 15h00, decorre a apresentação “Amor da Joana 2017”, do Artesanato Joana, no Espaço Amor da Joana, em Cabanelas. Os espetáculos culturais marcam o arranque do serão com o Sarau Cultural de Poesia e Fado, da AMUTER, que terá lugar no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde.