page up
voltar ao topo
Notícias
‘Fevereiro, Mês do Romance’: Mais de 80 iniciativas na programação mais romântica do país!
Janeiro 25, 2017

A sublime e delicada fragrância do amor já se faz sentir em Vila Verde e ajuda a adensar a atmosfera de romance que vai envolver o concelho durante a programação mais romântica do país. ‘Fevereiro, Mês do Romance’ traz ao coração do Minho mais de 80 iniciativas de participação gratuita que dão corpo a uma programação intensa e emotiva, inspirada nos motivos e nas mensagens de amor dos Lenços dos Namorados, um dos símbolos maiores da genuína tradição minhota. De 27 de janeiro a 5 de março, ao longo de 38 dias, sucedem-se eventos que prometem tocar o coração dos portugueses e afirmar de forma perentória o mote ‘Vila Verde, onde o amor acontece!’.

Dos desfiles de moda aos espetáculos musicais, dos workshops ao teatro, dos saraus culturais aos passeios na natureza, passando também pelo pela dança e pelo lançamento de novos produtos da marca Namorar Portugal, entre outros, não faltam motivos de interesse para quem decidir visitar Vila Verde nesta altura do ano. Vilaverdenses e visitantes vão ainda beneficiar de descontos e condições especiais nos espaços de alojamento, restaurantes, bares e pastelarias aderentes. A programação ‘Fevereiro, Mês do Romance’, do Município de Vila Verde’, foi apresentado pormenorizadamente durante a manhã de hoje, 25 de janeiro, na Sala de Conferências dos Paços do Concelho. No final da sessão houve ainda tempo para provar o apetitoso Pink Cake (vulgo Bolo dos Namorados), acompanhado por um suave e delicioso Chá das Serras Brandas.

Tradição e cultura para promover o território e dinamizar a economia

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, sublinhou a impressionante dinâmica social, cultural e económica impulsionada pelo Mês do Romance, que se repercute de forma positiva na promoção e divulgação do território durante o resto do ano. “É uma altura de aproveitar e criar oportunidades, de lançar projetos que permitem dinamizar a economia local. O investimento no Mês do Romance traz um grande retorno pela dinâmica que imprime no território, pelas oportunidades de negócio que cria e porque é um mês em que se fala sistematicamente de Vila Verde de forma muito positiva, dentro e fora do país”, referiu o edil, acrescentando que Vila Verde se afirma de forma cada vez mais contundente como “um concelho que valoriza a tradição e a cultura, que se orgulha do legado deixado pelos antepassados e encontra na idiossincrasia da sua identidade e nos saberes das suas gentes uma forma de promover o crescimento e de projetar o futuro”. António Vilela concluiu deixando uma palavra de apreço aos inúmeros parceiros que se associam ao Município de Vila Verde para dar corpo ao Mês do Romance e que têm grande mérito pelo sucesso experienciado nas oito edições desta programação.

Alargar horizontes e conquistar novos públicos

A apresentação do programa coube à vereadora que tutela o pelouro da Cultura, Júlia Fernandes, que começou por explicar que o chamado ‘Mês do Romance’ já extrapolou o mês de fevereiro e se estende agora durante 38 dias. Este processo de consolidamento da iniciativa e do forte crescimento da marca resulta num programa cultural amplo e diversificado, preparado para agradar a diferentes públicos. “O programa envolve mais de uma centena de parceiros, sem incluir os 60 promotores Namorar Portugal. Empresas, escolas, instituições públicas e privadas, dentro e fora do território vilaverdense, de Norte a Sul de Portugal, que garantem a enorme riqueza e diversidade da programação”, afirmou, acrescentando que a marca continua a alargar horizontes e a projetar o concelho de Vila Verde e a tradição minhota por todo o país e no estrangeiro.

“Numa época em que o turismo do país está em baixa, Vila Verde está em alta!”

“Vila Verde é o epicentro da programação, mas, de Braga a Lisboa, passando pelo Porto Famalicão e Guimarães, haverá ações de divulgação por todo o país e até em Espanha, em Santiago de Compostela. São atividades que nos permitem alargar horizontes e conquistar novos públicos”, referiu Júlia Fernandes. A vereadora da Cultura frisou também que o Município de Vila Verde volta a este ano a estabelecer uma parceria com o gigante nacional Delta Cafés, que se prepara para lançar uma edição especial de pacotes de açúcar. As imagens alusivas à marca Namorar Portugal – Fevereiro Mês do Romance 2017 vão ser distribuídas pelos estabelecimentos comerciais onde forem servidos cafés Delta. As condições especiais de alojamento e estadia, os museus e espaços culturais abertos em horário alargado, os workshops que ensinam a criar produtos inspirados nos Lenços de Namorados, a apresentação de produtos encantadores e inovadores e os espetáculos de teatro, dança e música, foram outros dos destaques da intervenção de Júlia Fernandes, que rematou sublinhando que “numa época em que o turismo do país está em baixa, Vila Verde está em alta!”.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Fevereiro, Mês do Romance