page up
voltar ao topo
Notícias
Novo Vinho Socalcos do Bouro Namorar Portugal é bom para namorar
Fevereiro 27, 2015

A presença de três autarcas e personalidades distintas da região prestigiaram hoje a apresentação do vinho Socalcos do Bouro Namorar Portugal, o último produto Namorar Portugal lançado durante Fevereiro, Mês do Romance 2015. “Este vinho é acima de tudo feito com Amor, a analogia perfeita com Namorar Portugal”, afirmou António Almeida, um dos sócios da marca.

“Este vinho tem a sua autenticidade nas castas, a principal das quais, a Loureiro, durante muito tempo esquecida, mas que nos últimos anos tem sido valorizada pelos especialistas internacionais. É um vinho feito com Amor, e só podia ser Namorar Portugal”, assim apresentou António Almeida, um dos sócios da marca do vinho, produzido na Quinta do Cruzeiro, esta manhã, 27 de fevereiro, no espaço Namorar Portugal.

Numa sessão que contou com “uma moldura humana muito simpática e representativa”, como definiu Júlia Fernandes, vereadora da cultura do Município de Vila Verde, este encerramento da apresentação de produtos Namorar Portugal, no âmbito da programação Fevereiro, Mês do Romance 2015, foi definida como sendo com “chave de ouro”. Além do anfitrião do concelho, António Vilela, marcaram presença autarcas dos municípios vizinhos, Joaquim Cracel de Terras de Bouro e Manuel Moreira, de Amares, além de António Marques, presidente da Associação Empresarial do Minho e do Instituto Empresarial do Minho, entre outras personalidades notáveis.

A estrela do dia era o vinho verde branco Socalcos do Bouro, que terá uma colocação no mercado de excelência, como a natureza do vinho merece. “Se estivéssemos em França, este vinho seria referenciado como um vinho de Quinta, porque ele é só produzido na Quinta: pelas castas da quinta, as gentes da quinta, a adega da quinta…”, salientou o empresário.

A emoção na sua produção foi salientada e por isso se tornou um Vinho Namorar Portugal: “Há outra casta predominante na produção deste vinho, para além da Loureiro. É a casta das gentes da terra. É um vinho feito com Amor”. “Estamos certos que o vinho estará ao nível dos prestígio da marca Namorar Portugal”, sublinhou, com eloquência, António Almeida.

“Este projeto representa o respeito em manter a tradição da casa, sublinhou o sócio e cunhado, Vitor Gonçalves, que há dois anos esteve precisamente a lançar um outro projeto Namorar Portugal: os cadeirões bordados da Centare, que neste caso resumiu a essência do vinho nesta ideia: “Se namorar é bom, experimentem namorar ao sabor de uma garrafa destas”.

O presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, referiu que, “ao fim de uma maratona incrível, que resultou na apresentação de 24 projetos ao longo destes 24 dias, pode afirmar-se que Namorar Portugal já não é uma marca apenas de Vila verde, mas de todo um território bem mais alargado, de parceiros que se encontram em Amares, Terras de Bouro, Guimarães, Porto, Leiria, Ílhavo,… “

António Vilela salientou que “o objetivo da marca é a internacionalização dos produtos, com este layout, um modelo que pode ser replicado em outros pontos do país.” E deu exemplos: “Alguns promotores promovem a divulgação dos seus produtos noutros pontos do mundo. Este vinho, por exemplo, vai estar nos próximos dias em França”.

Para o autarca de Vial Verde “para além da promoção, mais importante é a colocação no mercado”, algo que se consegue com maior eficácia “agregando todo este conjunto de parceiros e somando esta grande diversidade de produtos”. António Vilela diz que Namorar Portugal tem-se distinguido “pela diversidade e qualidade de produtos”.

O vinho verde branco Socalcos do Bouro Namorar Portugal pode ser adquirido no espaço Namorar Portugal, em Vila Verde e através do site da marca do vinho, por um valor de seis euros por garrafa.


Vila Verde, Onde o Amor Acontece

 

Flávia Peixoto | FPXTCOM
Fevereiro 27, 2015