page up
voltar ao topo
Notícias
Em destaque: exposição Lenços de Namorados 'Amor Cruzado'
Fevereiro 01, 2015

Está patente no novo espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, até 12 de Fevereiro, a exposição inédita Amor Cruzado, projeto que revela seis novos Lenços de Namorados, da autoria de ilustradores consagrados, bordados por artesãs de Vila Verde. A exposição segue depois para Lisboa, Porto, terminando na Casa dos Carvalhais, em Oriz S. Miguel.

Inaugurada no sábado, 31 de janeiro, na mesma ocasião da abertura do espaço Namorar Portugal, esta exposição revela a emoção da fusão de duas expressões artísticas de envolvências e épocas distantes: a ousadia urbana da ilustração com a ingenuidade rural do bordado dos Lenços de Namorados. Mas têm muito em comum: ambas são expressivas, visuais, emotivas e intemporais, com o ‘coração na mão’.

O resultado tem transcendido a expectativa inicial, prendendo o olhar dos visitantes a cada um dos seis novos Lenços de Namorados que sugiram da criatividade de seis ilustradores consagrados, e das mãos de outras seis habilidosas artesãs.

A Casa dos Carvalhais desafiou os artistas ilustradores Célia Esteves, Ivo Hoogveld, Joana Estrela, Júlio Dolbeth, Lord Mantraste e Rui Vitorino Santos a inspirarem-se nesta tradição do século XVIII, durante o período de intercâmbio numa residência artística, passada na própria Casa de Campo. A estes juntaram-se as bordadeiras Alice Augusto, Ceú Cunha (da Teciborda), Cristina Lopes, Conceição Pinheiro, Inês Mendes e Vera Cancela, a quem a cooperativa Aliança Artesanal convidou a entrosar os ilustradores com este ícone cultural tão rico, como é o bordado dos Lenços de Namorados.

O momento mais especial da inauguração foi quando os seis ilustradores se juntaram às seis bordadeiras, cada um ao lado das suas obras. Rui Vitorino Santos, diretor da galeria Dama Aflita, no Porto (que irá receber a exposição a partir de 21 de março), teve o privilégio de ver a sua ilustração integralmente bordada por Conceição Pinheiro, uma das fundadoras da Aliança Artesanal e detentora de um profundo conhecimento sobre símbolo minhoto, apesar da sua fragilidade física. Por motivos de saúde, não pôde marcar presença nesta sessão.

Quem também não resistiu a este conceito foi a jornalista Catarina Portas, apaixonada pelo que é genuinamente português e a partir de 14 de fevereiro, esta exposição estará patente no seu espaço A Vida Portuguesa, em Lisboa.


Origem de Amor cruzado

O projecto Amor cruzado da Casa dos Carvalhais desafiou 6 artistas ilustradores conjuntamente com 6 bordadeiras do concelho de Vila Verde para um intercâmbio artístico, cruzamento de experiências e a criação de novas peças artísticas, inspiradas na tradição antiga dos Lenços dos Namorados.

A ideia original surge da Casa dos Carvalhais – Casa de Campo, situada na freguesia Oriz S. Miguel. O objetivo é promover e expandir a cultura e a tradição local num território mais amplo. O mote do projeto foi despertar uma relação entre o rural e o urbano, entre o contemporâneo e as técnicas artesanais, conjugando o minucioso trabalho das bordadeiras e a visão de vários artistas e ilustradores, tendo como resultado uma fusão de todas as influências para a produção de novas peças artísticas que revelam esta nova identidade.

O coletivo de artistas foi selecionado pela Galeria Dama Aflita (Porto) com curadoria, orientação e participação dos ilustradores Júlio Dolbeth e Rui Vitorino Santos. O conjunto de bordadeiras foi selecionado pela Aliança Artesanal, de Vila Verde. As bordadeiras e artistas foram convidados para uma residência artística na Casa dos Carvalhais para o intercâmbio e produção artística. Do encontro surgiram os seis novos Lenços de Namorados Amor Cruzado que na exposição estão acompanhados de uma serigrafia realizada por cada artista.


Exposições

A exposição dos Lenços de Namorados Amor cruzado vai permanecer no novo espaço Namorar Portugal até 12 de fevereiro, inserido na Programação Fevereiro, Mês do Romance. Seguirá para Lisboa, onde será exposta no dia 14 de Fevereiro (Dia dos Namorados) no espaço A Vida Portuguesa – Intendente em Lisboa. No mês seguinte, a partir de 21 de Março, estará na Galeria Dama Aflita, no Porto.

A partir de 6 de Junho poderá ser visitada na Casa dos Carvalhais, em Oriz S. Miguel, na capela privada de Santo António, onde permanecerá durante os meses de Junho, Julho, Agosto e Setembro de 2015.


Coordenação e ideia original: Casa dos Carvalhais - Oriz São Miguel, Vila Verde - www.casadoscarvalhais.com
Parcerias:
Galeria Dama Aflita, Porto - www.damaaflita.com, estúdio de serigrafia LAICA PRINT, Porto – www.laicaprint.com , Aliança Artesanal, Vila Verde - www.aliancartesanal.pt, A Vida Portuguesa, Lisboa- www.avidaportuguesa.com.
Parceiro Institucional e apoio financeiro: Município de Vila Verde - www.cm-vilaverde.pt
Apoio logístico: Restaurante Torres, Município de Vila Verde e Casa dos Carvalhais
Produção: Casa dos Carvalhais e Município de Vila Verde

 

Artistas
Célia Esteves
Ivo Hoogveld
Joana Estrela
Júlio Dolbeth
Lord Mantraste
Rui Vitorino Santos

Bordadeiras
Alice Augusto
Ceú Cunha - Teciborda
Cristina Lopes
Conceição Pinheiro
Inês Mendes
Vera Cancela


Vila Verde, Onde o Amor Acontece

 

Flávia Peixoto | FPXTCOM
Fevereiro 01, 2015